Ouça agora na Rádio

N Notícia

Policia Civil de Imbé/RS elucida homicidio no mesmo dia e prende dois irmãos

Policia Civil de Imbé/RS elucida homicidio no mesmo dia e prende dois irmãos

No balneário de Imara, em Imbé, foi encontrado o cadáver de uma mulher, com cerca de vinte golpes de faca.

Por volta das 08h desta segunda-feira (07/11/2016), na praia, no Balneário de Imara, em Imbé, foi encontrado o cadáver de uma mulher, com cerca de vinte golpes de faca. A Polícia Civil tomou conhecimento do fato e solicitou levantamento no local, realizado por peritos do Departamento de Criminalística do Instituto-Geral de Perícias. A partir de informe da Brigada Militar, identificou-se a vítima como sendo Carla Hernandes Camacho, de 36 anos de idade, moradora de Tramandaí. 

Por meio de depoimentos e imagens de câmeras de vigilância, apurou-se que, durante a madrugada, a vítima havia estado numa loja de conveniências no centro de Tramandaí na companhia de cinco pessoas: um homem, sua irmã, sua companheira e dois amigos, posteriormente identificados.

A seguir, apurou-se que o suspeito possui um bar na Av. Mariluz, Balneário de Mariluz, em Imbé. Por volta das 20h, agentes da Delegacia de Polícia de Imbé, sob a coordenação do Delegado de Polícia Antônio Carlos Ractz Jr., compareceram no local, onde se encontravam quatro suspeitos e clientes do bar consumindo bebidas alcoólicas e fazendo um churrasco. Efetuadas buscas, foram apreendidos um automóvel, uma espingarda calibre .16, seis cartuchos e duas facas. 

Conduzidos até a Delegacia de Polícia de Imbé, os suspeitos foram interrogados. Após coleta das provas, apurou-se que E.S., de 33 anos de idade, matou a vítima por motivo fútil, desferindo-lhe golpes de faca, após discussão banal. Ato contínuo, ocultou o cadáver na praia, utilizando o porta-malas do seu automóvel para transportá-lo do Balneário de Mariluz ao Balneário de Imara. Para tanto, contou com a participação de sua irmã, K.Z., de 20 anos de idade. Por ora, restou afastada a participação dos outros suspeitos.

O automóvel estava limpo e sem o tapete do porta-malas, encontrado molhado no pátio, o que demonstra a tentativa dos irmãos em eliminar vestígios de sangue da vítima, explica o Delegado Ractz. Também foram apreendidas roupas dos irmãos, que juntamente com o veículo, serão submetidas à perícia.

E.S. possui antecedentes policiais, já tendo sido indiciado pela prática dos crimes de tentativa de homicídio simples, tentativa de homicídio duplamente qualificado, lesão corporal (violência doméstica), ameaça (duas vezes), porte ilegal de arma de fogo e posse de drogas (duas vezes), bem como da contravenção penal de perturbação da tranquilidade (quatro vezes) e perturbação do trabalho e sossego alheios.

O Delegado de Polícia João Henrique Gomes de Almeida, plantonista, autuou em flagrante E.S. pela prática dos crimes de homicídio qualificado por motivo fútil, ocultação de cadáver e posse irregular de arma de fogo de uso permitido. Já K.Z. foi autuada em flagrante pelo cometimento dos delitos de homicídio qualificado por motivo fútil (mediante omissão penalmente relevante) e ocultação de cadáver. Ambos serão encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.

O Delegado Ractz enaltece o empenho dos agentes De Leon, Cloy, Aline e Sílvio, decisivo para a elucidação do homicídio no mesmo dia, fato amplamente divulgado e que chocou os moradores de Imbé.

 

 
3
Correio do Imbé - http://correiodoimbe.com.br