Ouça agora na Rádio

N Notícia

Google abre as portas do YouTube Space do Rio de Janeiro para criadores

FOTO: © Divulgação

Google abre as portas do YouTube Space do Rio de Janeiro para criadores

Ao todo, são três mil metros quadrados de salas e estúdios equipados com câmeras 4K, de cinema e 360, com som e iluminação profissional.

Por Melissa Cruz Cossetti, do Rio de Janeiro

 

 O Google inaugurou nesta segunda-feira (7) o YouTube Space do Rio de Janeiro. Os estúdios ficam localizados na Zona Portuária, próximo a pontos turísticos como o Boulevard Olímpico, o Museu do Amanhã e o Museu de Arte do Rio. O espaço destinado aos criadores de conteúdo tem mais de três mil m², incluindo estúdios e salas para cursos. Todas as informações e fotos são do site TechTudo, acesse! 

O YouTube Space Rio é o décimo espaço para criadores de conteúdo lançado pelo Google ao redor do mundo. Com mais infraestrutura para gravação e pós-produção e instalações maiores que as disponíveis em São Paulo, o Space Rio entra para o seleto grupo de locais de investimento no fator humano. Ou seja, em quem produz vídeos para a plataforma. Outras cidades que fazem parte do projeto são: Los Angeles, Londres, Tóquio, Nova York, São Paulo, Berlim, Paris, Mumbai e Toronto.

 
Super tela da Sony 4K com 7 x 4 metros fica no espaço Lagoa no centro do YouTube Space Rio (Foto: Melissa Cruz Cossetti / TechTudo)

Super tela da Sony 4K com 7 x 4 metros fica no espaço Lagoa no centro do YouTube Space Rio (Foto: Melissa Cruz Cossetti / TechTudo)

"Reconhecemos o papel do Rio como pólo de audiovisual do país. Não podíamos deixar de estar aqui", disse Fábio Coelho, vice-presidente do Google e presidente do Google Brasil. O executivo estava acompanhado de Lance Podell, diretor global do YouTube Space desde 2011, que acompanhou todo o processo de construção nos últimos dois anos.

Todo o espaço foi pensado e construído com elementos da cultura brasileira e local, são acessíveis a deficientes físicos (há elevadores para os dois pavimentos) e banheiros unissex (para todxs), promovendo inclusão.

 
Cenário de vídeo do Porta dos Fundos feito no YouTube Space Rio (Foto: Melissa Cruz Cossetti / TechTudo)

Cenário de vídeo do Porta dos Fundos feito no YouTube Space Rio (Foto: Melissa Cruz Cossetti / TechTudo)

 

De acordo com Podell, o YouTube se transformou em uma grande plataforma para contar histórias e seu trabalho é dar espaço e apoio para quem quer contar essas histórias. "É um grande dia para nós e espero que seja um grande dia também para os criadores brasileiros. Não podemos construir um Space em todas as cidades. Então, escolhemos um lugar onde acreditamos que está a alma dos criadores", completou.

 
Bairro da Lapa foi reproduzido em versão reduzida nos estúdios do YouTube Space Rio (Foto: Melissa Cruz Cossetti / TechTudo)

Bairro da Lapa foi reproduzido em versão reduzida nos estúdios do YouTube Space Rio (Foto: Melissa Cruz Cossetti / TechTudo)

 

Os três estúdios do YouTube Space

 A instalação do novo espaço no Rio de Janeiro inclui três estúdios — o maior deles com 180 m² e outros dois menores com 70 m². No maior, foi montado em apenas cinco dias o cenário de uma área boêmia da cidade. A "pequena Lapa" conta com bar, loja de discos, galeria de arte, rua de paralelepípedos e até mesmo os famosos Arcos da Lapa. A reprodução dos ambientes é fiel e foi cuidadosa a ponto de simular alvarás pendurados nas paredes das lojas e trocar todos os rótulos de garrafas paras esconder marcas registradas. Em funcionamento desde as últimas semanas apenas para alguns canais, o estúdio já foi palco de gravações de criadores famosos como Porta dos Fundos e Castro Brothers.

 
Estúdios do YouTube Space oferecem recursos profissionais de vídeo (Foto: Melissa Cruz Cossetti / TechTudo)

Estúdios do YouTube Space oferecem recursos profissionais de vídeo (Foto: Melissa Cruz Cossetti / TechTudo)

 Os outros dois espaços, menores, comportam produções diferenciadas que usem recursos como chroma key ou precisem de uma ambientação com mais mobílias como sofás, mesas e cadeiras, ideal para realizar entrevistas, bate-papos e colaborações, muito comuns entre youtubers.

Chama a atenção um espaço dedicado aos vídeos de beleza. Três enormes "falsos espelhos" que escondem um espaço destinado para câmeras e um lavatório de salão formam uma sala dedicada aos vídeos de maquiagem e cabelos — parte importante da audiência do YouTube.

 
Espaço dedicado para vídeos de beleza tem 'espelho falso' com espaço para câmera (Foto: Melissa Cruz Cossetti / TechTudo)

Espaço dedicado para vídeos de beleza tem 'espelho falso' com espaço para câmera (Foto: Melissa Cruz Cossetti / TechTudo)

Há salas de edição, mesas de corte, captura de imagens externa (com vista para o Museu do Amanhã) e interna (em todos os ambientes com câmeras) e nos estúdios, operadas pelos próprios youtubers e suas equipes, sob eventual orientação da casa. Aqueles que não souberem usar algum equipamento ou desejarem se profissionalizar na produção audiovisual podem contar com workshops, cursos e monitoria de profissionais do próprio Google, de acordo com a agenda do local.

 
Sala de edição de vídeo do YouTube Space Rio com computadores iMac (Foto: Melissa Cruz Cossetti / TechTudo)

Sala de edição de vídeo do YouTube Space Rio com computadores iMac (Foto: Melissa Cruz Cossetti / TechTudo)

 

 

Quem pode usar o YouTube Space?

 

Para participar, será necessário se inscrever nas atividades ou solicitar horários livres (youtube.com/yt/space). Para frequentar workshops gratuitos e eventos é preciso ter um canal com pelo menos 1.000 (um mil) inscritos e aproveitar oportunidades para aprimorar técnicas de produção. Para usar os espaços de gravação, porém, os canais precisam ter pelo menos 10.000 (dez mil) inscritos (ou 1.000 inscritos, para ONGs cadastradas no projeto). Apenas esses são elegíveis para o uso dos estúdios profissionais e equipamentos de ponta, totalmente grátis.

 
Área externa do YouTube Space Rio com vista para o Museu do Amanhã (Foto: Melissa Cruz Cossetti / TechTudo)

Área externa do YouTube Space Rio com vista para o Museu do Amanhã (Foto: Melissa Cruz Cossetti / TechTudo)

Segundo o YouTube, é necessário não ter nenhum "strike" pendente por violação de direitos autorais ou diretrizes de comunidade no canal, ter 18 anos ou mais (para menores de idade será exigido o acompanhamento de um responsável) e que o canal não seja comercial — mantido e produzido exclusivamente por uma marca. O Google também garante que todo o material produzido no YouTube Space continuará sendo de propriedade do autor, assim como direitos de monetização e liberdade criativa. É vetado, porém, o uso de material de terceiros nos vídeos.

Recursos do YouTube Space Rio — Quem pode usar?

  Grafite Opala Bronze Prata Ouro
  Ter um canal 1000+ inscritos 10000+ inscritos 100,000+ inscritos 1,000,000+ inscritos
Newsletter do Space sim sim sim sim sim
Escola de Criadores Online sim sim sim sim sim
Happy Hours e Debates sim sim sim sim sim
Workshops Teóricos Básicos   sim sim sim sim
Workshops Técnicos Avançados   sim sim sim sim
Máquinas de Edição   sim sim sim sim
Salas de Pós-Produção   sim sim sim sim
Dias de Produção (mês)     5 10 15
Workshops Teóricos Avançados     sim sim sim
Workshops Técnicos Avançados     sim sim sim
Estúdios de Produção     sim sim sim
Elegível a Encontros Com Fãs       sim sim
Elegível a Eventos Especiais         sim
 

Visitantes do Boulevard Olímpico que quiserem conhecer o galpão onde funciona o YouTube Space Rio podem fazer um vídeo com cenário carioca em uma cabine com livre acesso do público. O arquivo é enviado para o e-mail do visitante e pode ser compartilhado também nas redes sociais.

 
Visitantes também podem gravar vídeos rápidos no YouTube Space Rio (Foto: Melissa Cruz Cossetti / TechTudo)

Visitantes também podem gravar vídeos rápidos no YouTube Space Rio (Foto: Melissa Cruz Cossetti / TechTudo)

FONTE: TechTudo
Link Notícia