Ouça agora na Rádio

N Notícia

Fabrizio faz bolo seco e gorduroso e é eliminado do 'MasterChef Brasil'

FOTO: © Reprodução/Masterchef/BAND

Fabrizio faz bolo seco e gorduroso e é eliminado do 'MasterChef Brasil'

Por conta do episódio 100 do programa, os participantes precisaram fazer versões de bolos comemorativos

O episódio 100 do "MasterChef Brasil", exibido nesta terça-feira (11), teve como destaque a "prova de bolos". Os chefs pediram aos participantes para darem sua versão a um bolo comemorativo pela data do programa e este desafio constou da prova de eliminação. As informações são do NOTÍCIAS AO MINUTO.

 

No entanto, um integrante em particular, Fabrizio Barata, passou por uma "saia justa" porque não conseguiu um resultado agradável. 

Ao preparar o bolo, ele entregou a iguaria com massa seca e cobertura gordurosa e foi tremendamente criticado pelos jurados. Para piorar a situação, foi eliminado do reality show gastronômico, segundo o site da Uol. De acordo com a chef Paola Carosella, faltaram "harmonia e construção".

A chef acrescentou: "O seu bolo está muito seco, Fabrizio. Quando se faz um bolo com cacau e chocolate fica mais arriscado para subir. Então, o seu bolo está muito compacto. Já a parte de cima é saborosa, mas muito gordurosa", definiu antes de anunciar a eliminação.

A decisão de eliminar Fabrizio não foi fácil, tanto é que os três chefs – Jacquin, Fogaça e Paola – pediram para avaliar todos os quatro bolos pela segunda vez.

O baiano de 39 anos agradeceu a oportunidade, disse que teve medo de entrar no programa devido à exposição e, no fim, se emocionou ao relembrar de sua fase difícil em São Paulo."Hoje [o programa] me fez relembrar a minha história de vida, do passado. São Paulo foi [uma fase] muito difícil, a família estava em dificuldade financeira e não tinha como me ajudar. Então, tive que batalhar financeiramente sozinho, não tinha amigos, foram três anos bem [difíceis]", completou.

Outra prova

Ainda no programa desta desta terça-feira, os participantes foram desafiados a preparar um prato principal e uma sobremesa com inspiração nas culinárias congolesa, haitiana e síria. Divididos em duas equipes (azul e vermelha), eles tiveram apenas 1h30 para concluir a primeira prova do dia. 

Mirian Cobre foi eleita a capitã da equipe azul, mas devido aos problemas de convivência, ela praticamente foi ignorada pelos demais cozinheiros, e Victor Vieira assumiu informalmente o posto que pertencia à rival. Mesmo com a confusão interna, o time ganhou a prova preparando um picadinho de cordeiro com arroz, couve e vinagrete de romã.

FONTE: NOTÍCIAS AO MINUTO
Link Notícia