Ouça agora na Rádio

N Notícia

Apple tem 30 dias para tirar ‘propaganda enganosa’ do ar, determina Justiça

FOTO: © Divulgação

Apple tem 30 dias para tirar ‘propaganda enganosa’ do ar, determina Justiça

Justiça de São Paulo acaba de fazer uma condenação que promete uma tonelada de dores de cabeça para a Apple.

Em até 30 dias, a empresa deve interromper toda e qualquer publicidade da companhia que informe erroneamente o espaço de armazenamento disponível em seus produtos. As informações são do TECMUNDO.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, a decisão foi emitida nesta terça-feira (11) pelo juiz Felipe Poyares Miranda, da 16ª Vara Cível de SP. A ação teria sido movida pelo Proteste, que argumentou que os aparelhos lançados pela Apple não eram claros em revelar o espaço realmente utilizável – afinal, parte do armazenamento dos iPhones e iPads é usada pelo próprio sistema operacional.

Com isso, a companhia teria que avisar que um modelo de 16 GB, por exemplo, teria apenas 13 GB utilizáveis; já com relação à versão de 32 GB, a empresa teria que indicar que apenas 29 GB são aproveitáveis e assim por diante. Caso não faça as devidas mudanças, a Apple deve receber multas diárias de R$ 100 mil.

Apenas o começo da briga?

Vale dizer que a Apple pode recorrer da decisão, é claro. E em sua defesa, a empresa usa o argumento que muitos de nossos leitores já esperam: não há como prever quanto espaço será realmente usado pelo sistema operacional, visto que atualizações e outras mudanças afetam esse valor constantemente. Além disso, ela ressalta que todas essas informações são explicadas em detalhes em seu site.

Seja como for, essa briga cria um precedente bastante perigoso para a companhia. Afinal, considerando que essa é a maneira padrão como as empresas utilizam sua publicidade para eletrônicos exatamente pelos motivos que falamos antes, não seria surpresa ver brigas como essas surgindo com praticamente todas as outras organizações do ramo. 

FONTE: TECMUNDO
Link Notícia