Ouça agora na Rádio

N Notícia

Ações do Google e da Amazon caem em até 80% após erro da NASDAQ

FOTO: © Divulgação

Ações do Google e da Amazon caem em até 80% após erro da NASDAQ

Segundo a NASDAQ, cotações e valores usados em testes foram parar em indicadores conhecidos, como o Google Finances e a Bloomberg

A noite de ontem (03) foi um prato cheio para os investidores da NASDAQ: por volta das 20h, no horário de Brasília, o segundo maior mercado de ações do mundo exibia cotações idênticas para gigantes tecnológicas muito distintas, companhias como Apple, Google, Amazon, Zynga e eBay estavam todas cotadas nos 123,47dólares. Todas as informações são da SHOWMETECH.

Ao todo, 16 empresas sofreram do problema, o que deixou o setor financeiro com uma pulga atrás da orelha.

Por mais que ninguém entendesse o que estava acontecendo, era claro que tudo se tratava de um erro. De um instante para o outro, companhias como a Zyngaatingiram valores até 3000% superiores aos normais, enquanto gigantes como Amazon e Alphabet caíram cerca de 80% – a Apple, avaliada em mais de US$ 750 bilhões, estava listada por 'míseros' US$ 3,4 bilhões.

A razão do problema

Segundo uma nota emitida pela NASDAQ na madrugada de hoje (04), o erro ocorreu porque os valores usados para testes nas operações, um procedimento comum quando o mercado de ações está fechado, chegou aos clientes da empresa e, consequentemente, ao público.

Ao terem acesso aos números, o que acontece automaticamente por meio de APIs, serviços como Bloomberg, Google Finances, Business Insider e Yahoo Finance os exibiram para o mundo – que ficou completamente atônito.

Também segundo a NASDAQ, os testes são feitos regularmente e, com exceção do episódio de ontem, costumam ser ignorados por esses serviços, pois ocorrem forado horário de funcionamento do mercado de ações. O que realmente teria causado o incidente seria o fato da sessão ter terminado mais cedo dessa vez, por volta das 14h no horário de Brasília.


Ver imagem no Twitter

Ao ser novamente procurada para falar do caso, a bolsa de valores isentou-se de responsabilidade, alegando que a culpa seria dos seus clientes – os serviços que listamos acima e que exibem as cotações para o público em geral. A NASDAQ também afirmou que investigará o caso, pois, segundo o que foi constatado, o erro foi fruto de um uso ‘indevido‘ dos dados por parte dos seus clientes.

Como destacou o jornal português Negócios, o erro causou a suspensão de algumas das cotações afetadas. No entanto, não há informações concretas sobre a realização de negócios usando os valores de teste.

FONTE: SHOWMETECH
Link Notícia