Ouça agora na Rádio

N Notícia

Google é multada em quase R$ 9 bilhões na Europa por ser anticompetitiva

FOTO: CC0 Public Domain / pixabay

Google é multada em quase R$ 9 bilhões na Europa por ser anticompetitiva

União Europeia encerrou uma investigação de sete anos para identificar práticas anticompetitivas da Google e seus serviços de busca.

O resultado? A empresa foi condenada a pagar uma multa de € 2,42 bilhões, o equivalente a R$ 8,97 bilhões. Todas as infomrações são do TECMUNDO.

Responsável por avaliar e julgar o caso, a Comissão Europeia já indicava que daria um parecer de punição. Porém, nem a Alphabet esperava um valor tão pesado. A companhia ainda pode recorrer da decisão.

O valor é recorde em punições da UE aplicadas contra empresas — em 2009, a Intel foi condenada a pagar metade desse valor. Esse é também o maior valor que a Google terá que pagar por conta de um processo.

Qual é o crime?

Segundo a comissão, a Google faz práticas de truste, ações anticompetitivas que restringem concorrentes e promovem monopólio. Mas o que isso significa? No caso do buscador, o crime é favorecer certos resultados nas pesquisas — como itens do próprio Shopping — e deixar outros de lado, especialmente de rivais.

Segundo o processo, os algoritmos restritivos da Google não só impedem outras empresas de inovarem, mas também os consumidores de "terem uma escolha genuína de serviços". Nesse caso, os rivais seriam serviços de compras e avaliações como Yelp e TripAdvisor, além de grupos como News Corp e FairSearch.

A resposta da Google

A Google respondeu ao veredito aplicado com uma postagem oficial. Ela defendeu o modelo de anúncios atual do Shopping, anunciou que discorda da decisão e que vai avaliar o texto detalhadamente antes de decidir se vai ou não apelar.

O fato de alguns comparadores terem sido prejudicados não significaria muito. Para a marca, comércios rivais, como eBay e Amazon, prosperaram nesse período e também tiraram o espaço de outros.

A empresa defende que os resultados são úteis e bem produzidos, ainda mostrando as avaliações de consumidores

Ela ainda disse que a Comissão Europeia não entendeu o funcionamento do comportamento do consumidor, que prefere "links que levem ele direto ao produto que querem, não a sites em que eles terão que repetir as pesquisass"

Se a Google não fizer o pagamento em 90 dias, a punição passa a ficar 5% mais cara a cada 24 horas. E não acabou: a empresa ainda vai encarar dois processos na Comissão Europeia. Um deles é por conta do monopólio do Android no continente, enquanto o outro diz respeito aos bloqueio de concorrentes no sistema de anúncios do buscador.

FONTE: TECMUNDO
Link Notícia