Ouça agora na Rádio

N Notícia

Para Lewis Hamilton, atitudes de Vettel não são cabíveis a um campeão mundial

FOTO: © Divulgação/Jaffa The Cake

Para Lewis Hamilton, atitudes de Vettel não são cabíveis a um campeão mundial

Dois pilotos tiveram um atrito durante o Grande Prêmio do Azerbaijão

Na corrida deste domingo, em Baku, no Azerbaijão, o alemão Sebastian Vettel e o britânico Lewis Hamilton tiveram atritos — em seus carros e verbalmente. Hamilton sofria com a lentidão do safety car e, quando freou para ganhar distância, viu Vettel acertar sua traseira. Sentindo-se testado, o alemão colocou seu veículo na lateral, gesticulou em forma de protesto e jogou a Ferrari em cima do carro da Mercedes. Para Hamilton, atitude foi infantil. Todas as infomrações são do SUPER SPORTE.

“Imagine todas crianças que estão assistindo Fórmula 1 hoje vendo este tipo de comportamento de alguém que foi campeão do mundo quatro vezes”, falou o piloto. “Ele claramente estava dormindo e dirigiu em minha direção. Eu acho que ele se desonrou hoje”, completou. “Por sorte, estávamos indo devagar. Se estivéssemos indo mais rápido, poderia ter sido realmente pior”.

Vettel, que foi punido em dez segundos, acredita que ambos pilotos deveriam sofrer a sanção. “Eu não concordo com a punição, porque, se é para me penalizar, então penalize os dois, porque assim não é correto”, falou após o fim da disputa. “Eu acho que a F1 é para adultos e a manobra dele estragou minha asa frontal”.

Segundo o alemão, quem dita o ritmo é o piloto à frente a freada brusca de Hamilton foi “desnecessária”. “Eu não consegui parar a tempo e fui direto em sua traseira”, contou Vettel. Ele terminou a corrida na 4º posição, 5s976 atrás do primeiro colocado, Daniel Ricciardo. Hamilton foi o quinto na prova, 6s188 de desvantagem em relação ao vencedor.

FONTE: SUPER ESPORTS
Link Notícia