Ouça agora na Rádio

N Notícia

Excluir glúten sem necessidade pode trazer riscos à saúde, diz estudo

FOTO: © DR

Excluir glúten sem necessidade pode trazer riscos à saúde, diz estudo

À exceção dos casos em que é realmente necessária a exclusão do glúten, retirar esta proteína da alimentação pode trazer alguns riscos à saúde

A dieta isenta de produtos com glúten (proteína encontrada em cereais como o trigo, centeio, malte e cevada, podendo ainda estar presente na aveia em caso de contaminação) é uma tendência cada vez mais frequente entre as pessoas que procuram um estilo de vida saudável ou uma alimentação que ajude na perda de peso. As informações são do Notícias ao Minuto / Saúde.

 

Contudo, estas crenças associadas à exclusão do glúten não estão totalmente certas, uma vez que além do impacto desta proteína variar de pessoa para pessoa, optar por alimentos ‘gluten free’ não só pode não facilitar a perda de peso como pode, na verdade, provocar obesidade e ou até mesmo diabetes tipo 2.

Esta é a conclusão de um recente estudo apresentado no congresso anual da Sociedade Europeia de Gastrenterologia, Hepatologia, Nutrição Pediátrica e que teve por base a análise de mais de 1.300 alimentos rotulados como ‘isento de glúten’. Contudo, esta não é a primeira vez que a ciência mostra que a dieta sem glúten é apenas benéfica para as pessoas celíacas.

De acordo com o site The Independent, alguns dos produtos que se destacam por não terem glúten apresentam altos níveis de lípideos, muitas vezes na forma de gorduras saturadas e trans. Mas não só: por se tratarem de alimentos processados, o açúcar é também um dos ingredientes que tendem a estar em excesso neste tipo de produto, enquanto a proteína está quase sempre em quantidades mais baixas do que o recomendado.

Embora o glúten possa, de fato, causar algum tipo de inchaço ou indisposição em determinadas pessoas – e não falamos aqui daquelas que têm a doença celíaca, pois a exclusão é, nestes casos, obrigatória – a sua exclusão deve ser ponderada e feita com o acompanhamento de um especialista, de forma a que a pessoa seja capaz de perceber que tipo de alimentos deve então ingerir para não colocar a saúde em risco.

Fazer o pão e a massa em casa, optar por refeições mais naturais e fugir de todos os alimentos que sejam processados – tenham eles glúten ou não – são alguns dos requisitos básicos para se seguir uma dieta saudável e equilibrada.

FONTE: Notícia ao Minuto
Link Notícia