Ouça agora na Rádio

N Notícia

Temer diz que todos 'se deliciaram' em jantar em churrascaria

Temer diz que todos 'se deliciaram' em jantar em churrascaria

Presidente também afirmou não ter visto 'exagero' na divulgação da operação

O presidente Michel Temer afirmou no domingo (19), após jantar com embaixadores, que não viu "exagero" da Polícia Federal na divulgação da Operação Carne Fraca.

“Não vi [exagero], houve uma ação integrada do Ministério da Agricultura e da Polícia Federal”, disse ele ao G1, na saída de churrascaria localizada em bairro de alto padrão em Brasília.

Também no domingo, o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, chamou a operação da PF de "pirotecnia".

Temer disse, ainda, que e todos "se deliciaram" com a carne servida durante o jantar e que os embaixadores vão "advogar junto a seus países no sentido de divulgar a tranquilidade em relação ao consumo da carne brasileira".

Por meio de nota, o Palácio do Planalto garantiu que a carne consumida no jantar era de procedência nacional. "Todas as carnes servidas, neste domingo, ao presidente Michel Temer e aos embaixadores convidados para jantar na churrascaria Steak Bull foram de origem brasileira. A gerência do estabelecimento inclusive apresentou os produtos servidos a órgãos sérios da imprensa que questionaram a origem do produto", diz comunicado.

Notícias ao Minuto