Ouça agora na Rádio

N Notícia

Excesso de exercício pode afetar a libido do homem

Excesso de exercício pode afetar a libido do homem

Um novo estudo mostrou que a prática pode ter tem efeito negativo na produção do hormônio testosterona

Não é novidade que os exercícios trazem muitos benefícios à saúde e que a prática deveria ser incorporada ao dia a dia de todos. No entanto, um novo estudo acaba de alertar para o risco associado ao excesso de atividade física. Um estudo publicado recentemente no periódico Medicine & Science in Sports & Exerciseconstatou que homens que realizam uma carga intensa de exercícios têm menorlibido, em comparação com aqueles que fazem atividade moderada ou leve.

Pesquisadores da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, perguntaram a 1.000 homens sobre sua vida sexual, prática de exercício e histórico médico. Os resultados mostraram que homens com rotinas de exercício moderadas ou leves (em intensidade ou duração) eram muito mais propensos a relatar libido moderada ou alta do que aquele que realizavam exercícios eram longos ou intensos.

Márcio Coslovsky, ginecologista e especialista em reprodução humana da Clínica Primordia, explica que, enquanto o exercício regular e moderado aumenta o nível de testosterona, a atividade física intensa tem efeito contrário sobre o hormônio.

“Todos os homens que fazem exercício moderadamente e regularmente, têm seu nível de testosterona aumentado instantaneamente. Além da produção hormonal, esse homem estará melhor fisicamente e psicologicamente. Por outro lado, aqueles que fazem exercício extenuantes, exageradamente, apresentam uma redução na produção de hormônios androgênios, incluindo a testosterona. Esse homem também estará mais cansado e menos motivado para o sexo, já que toda sua motivação é direcionada ao esporte.”, diz o especialista.

VEJA