Ouça agora na Rádio

N Notícia

Uber usa programa para enganar autoridades, diz NYT

Uber usa programa para enganar autoridades, diz NYT

Programa teria a capacidade de identificar autoridades e 'esconder' motoristas cadastrados no aplicativo das tentativas de investigação

Reportagem do jornal The New York Times diz que a Uber possui um programa para enganar as autoridades nas localidades onde o serviço é proibido ou sofre resistência para ser liberado. Chamado de “Greyball“, o programa teria a capacidade de identificar autoridades e ‘esconder’ motoristas cadastrados no aplicativo das tentativas de investigação.

A Uber teria usado essa ferramenta em cidades como Paris, Boston, Las Vegas e em países como Austrália, China, Coreia do Sul e Itália.

De acordo com o NYT, o Greyball ainda é utilizado pela Uber. Segundo quatro funcionários da companhia ouvidos sob condição de anonimato, o programa nega atendimento a pessoas que estejam violando os termos de serviço do aplicativo. Pessoas com o objetivo de prejudicar fisicamente motoristas, concorrentes que buscam acabar com nossas operações ou armações com autoridades para prender motoristas seriam alguns dos casos, listou o NYT.

A reportagem cita o caso de um inspetor de Portland, no estado do Oregon, que não conseguia solicitar um carro da Uber em 2014. Na época, ele conduzia uma investigação contra a companhia, que ainda tentava autorização para operar em Portland.

Por meio do Greyball, o inspetor foi identificado e as corridas que ele pedia eram canceladas. Os carros que ele visualizava pela tela do aplicativo eram ‘fantasmas’, evitando que o inspetor localizasse os motoristas reais da Uber.

VEJA